Conexão 292

Conexão 292 foi um programa de rádio completo, incluindo quadros culturais, informação atualizada, divulgação musical, entrevistas, poesia, interatividade, e muita música, desde os últimos lançamentos até as melhores recordações nacionais e internacionais. Ao vivo, sempre, o programa abriu um espaço até então inexistente na programação da Rádio Universidade AM, a participação direta do ouvinte, principalmente por telefone, não só escolhendo músicas, mas ajudando o produtor na definição de novos quadros e estratégias de comunicação. O slogan do Conexão era “um programa feito por você”.

Milton Oliveira assumiu todas as tarefas no Conexão 292, como criação, coordenação, produção, apresentação, redação de notícias, pesquisa, edição de quadros, operação técnica e atendimento ao ouvinte.

O programa teve sua estreia em 23/06/1997, às 23h00. À época a Universidade AM encerrava seu trabalho diário neste horário, então o programa aumentou em uma hora a programação. Ao completar quatro meses o Conexão já estava com duas horas de duração, levando o fechamento da emissora para a uma hora da madrugada. O público começou a exigir mais tempo e ao completar um ano, o Conexão já tinha assumido três horas, permanecendo no ar até às 02h00. Mais tarde, o programa, que era de segunda a sexta-feira, assumiu as noites de domingo por um certo tempo, das 21h00 à meia-noite. Depois passou a dividir esta mesma noite de domingo com o Revista Esportiva, programa de Gilson Piber, antes de abandoná-la em 21/02/1999.

Ao entrar no ano 2000, o Conexão 292 começou a ser repensado. Em março ele entrou em férias (únicas realizadas pelo programa) e em 04/04 retornou ao ar com novas propostas, novos projetos e um novo horário, mantendo-se no ar de terça a sexta-feira, das 22h00 à 01h00.

O ano 2000 teve um ingrediente especial para o programa, que investiu sério na cobertura dos Jogos Olímpicos de Sydney. Com a colaboração de Marlon Herath, à época acadêmico de Jornalismo da UFSM, desde o final de 1999 já mantinha-se o quadro Conexão Olímpica, contando a história das olimpíadas e seus grandes atletas. No início de 2000 veio o programa Conexão Olímpica, produto do Conexão 292 totalmente voltado à cobertura dos Jogos Olímpicos. Ingressaram na equipe os também acadêmicos Pedro Rocha e Rogério Giaretta Jr.

E chegaram os Jogos! Sob a coordenação de Milton Oliveira, de 15/09/2000 a 01/10/2000 foi ao ar o Conexão Especial, promovendo cobertura total dos Jogos Olímpicos de Sydney, com transmissões durante todas as noites do evento, iniciando às 21h00 e só encerrando ao amanhecer, às 07h00. Vale ressaltar que nunca uma emissora de rádio do interior gaúcho tinha feito (e nem o fez depois disto) uma cobertura tão longa como esta. Foram mais de 200 horas de transmissões exclusivas do maior evento esportivo do planeta. O trabalho tinha até repórter na Austrália, Clery Quinhones de Lima. Ainda participaram da cobertura, além dos acadêmicos citados, Gilson Piber, Otacílio Neto e o comentarista convidado Tiago.

Passada a cobertura olímpica, o Conexão 292 entrou na sua última fase, permanecendo no ar apenas na noite de sexta. Em 01/12/2000 foi ao ar a última audição do programa, a de número 809. Foram três anos e meio de movimentada atuação na programação noturna da emissora.

Os quadros, aditivos imprescindíveis para um bom programa de variedades, sempre tiveram atenção especial da produção. Quando da estréia, o Conexão 292 chegou com os quadros Saber Ciência, com Roberto Montagner; Memória MPB, com Candido Otto da Luz; Tiro Livre Direto, com Gilson Piber; The Beatles Lirics, com Robson Gonçalves e Rogério Koff; e No Escurinho do Cinema, com Jair Alan Siqueira. Estes dois últimos mantiveram-se apenas no primeiro ano.

Mais tarde foram acrescentados os quadros Uma Mensagem Para um Novo Dia, com Nelson Bastos; Ritmo Latino, com Chico Sosa; Conexão Olímpica, com Marlon Herath; Informações do Tempo, em parceria com a Estação Meteorológica da UFSM; Momento de Fé; Momento de Amor; Fã-clube Roupa Nova; Country Music Club; e Clube do Rei. Alguns quadros tiveram temporadas curtas, como o UFSM em Notícias, com Aurea Fonseca; e Repórter 292, com a então acadêmica Andressa de Oliveira.

Os especiais também fazem parte da história do Conexão 292. Especial de Natal, em todos os anos, sendo o 1997 em 24/12; Especial de Ano Novo, em todos finais de ano; Dia do Amigo, em todos os anos, 20/07; Dia das Mães; Dia dos Pais; Aniversários; e Programa 500, em 09/04/1999, com seis horas de duração e cerca de 400 ligações.

Muitos ouvintes ultrapassaram a audiência em casa e visitaram os estúdios da emissora, deixando aí colaborações importantes: Carlos Gilmar Aguiar e seus valiosos LPs; Arlei Rodrigues e suas interpretações poéticas; Zeni Peters e seus brindes artesanais; Branco e a parceria de muitos brindes da Suvinil Tintas; e tantos outros.

Artistas também freqüentaram o estúdio: Roberto Duran e suas músicas inéditas (lançadas com exclusividade no programa); e a dupla Diony e Rodrigo. Outros concederam entrevistas exclusivas por telefone, como o pessoal da banda catarinense Conexão Brazil, que participou do Especial Programa 500.

As campanhas institucionais também fizeram parte do projeto. A Campanha do Livro, em benefício da Biblioteca da Escola Municipal Vicente Farencena, reuniu mais de mil exemplares. O programa sempre participou na divulgação das campanhas do Banco de Sangue do HUSM. E as campanhas permanentes Direitos Humanos; Viva Melhor; e Uma Oração Para Cada Dia, em 2000, levaram mensagens positivas aos ouvintes.

O Conexão 292 teve uma característica especial muito apreciada pelo ouvinte. O programa não fazia feriados ou férias (apenas a de 2000). E sempre ao vivo. Quando o titular era acometido por inflamação na garganta ou ia para suas férias, entrava em cena um colaborador muito especial, Valmor Rhoden, então acadêmico do curso de Relações Públicas da UFSM, que assumia o microfone dos 800 AM.

Foi Valmor, também, que assinou o projeto de uma promoção especial para os ouvintes, em 1998, “Obino Dá Prêmio”, que teve seus sorteios finais em 31/07. Outras promoções também premiaram os ouvintes, como “Slogan do Primeiro Aniversário”, onde o ganhador foi agraciado com uma bicicleta da Pedal Livre; “Pintando o Sete com a Suvinil”; e “Programa 500”.

As parcerias com marcas e empresas sérias sempre deram muita credibilidade às premiações do programa. Entre tantos parceiros, ficaram registrados: Tintas Suvinil, Casa Cor, Lojas Obino, Pedal Livre Bicicletas, cantor Roberto Duran, artesãs Zeni Peters e Gessi Oliveira de Freitas, Armazém da Música, Usina-Escola de Latcínios da UFSM, Piano Reparadora, Artti Confecções, Thau Vídeo, Salão Romiche, Mini Mercado Ruvinski, Di Larouffe, Claude Bèrgere, Kart In-Door e Supermercado Chaves.

Mesmo depois de sair da programação, o Conexão 292 ainda gerou novos projetos. O primeiro foi o Conexão Vestibular, comandado por Milton ao lado de Gilson Piber a partir de 2001. As edições se sucederam nos anos de 2002, 2006, 2007, 2010 e 2011. Este, nas noites de véspera do Vestibular da UFSM, das 20h00 às 22h00, trazia todas as informações para os vestibulandos.

O produto mais recente da “marca” Conexão foi o Conexão UFSM. O projeto, criado por Milton Oliveira e Gilson Piber, foi uma das ações especiais da programação da Rádio Universidade nas comemorações do cinquentenário da Universidade Federal de Santa Maria, comemorado em 14/12/2010. O projeto reuniu duas frentes de atuação. Uma, o programa de rádio Conexão UFSM, que teve estreia em 02/08 e somou 22 edições veiculadas até 20/12 pelos 800 AM, sempre às segundas-feiras, no horário das 13h15 às 15h00, ao vivo. Outra, a revista digital Conexão UFSM, publicada mensalmente, todo dia 14. No programa, Milton fazia a operação técnica e apresentava o quadro Registro Histórico, montado com textos de Roberto Montagner; na revista, foi editor. Os cinco números da publicação continuam disponíveis na grande rede.

Print Friendly, PDF & Email